• Kia GT Cup

Kia Ceed GT pronto para a estreia oficial em Braga!

  • Derradeira versão de desenvolvimento aprovada de forma unânime pelos pilotos que irão participar no novo Troféu monomarca

  • Fiabilidade e desempenho do pacote técnico surpreenderam pela positiva

  • Arranque da competição terá lugar a 12 e de 13 de Setembro, no Circuito Vasco Sameiro

Cascais, 23 de Julho de 2020 – Depois de ter optado por adiar a estreia do Kia Ceed GT, originalmente marcada para o último fim-de-semana de 18 e 19 de Julho, no Autódromo Internacional do Algarve, a Kia Portugal e a CRM Motorsport confirmam agora que os testes conduzidos no mesmo circuito por todos os pilotos que irão participar no novo Troféu monomarca foram de tal forma bem-sucedidos que o projeto irá mesmo ver a luz do dia a 12 e 13 de Setembro, no Circuito Vasco Sameiro, com confiança redobrada! UM TROFÉU AGLUTINADOR Incapaz, apesar de todos os esforços encetados, de garantir que o novo circuito de travagem aplicado no protótipo de testes estaria disponível para a totalidade dos concorrentes, por motivos relacionados com a quebra no fornecimento de peças derivada da pandemia de Covid-19, o promotor aproveitou a deslocação dos pilotos e equipas a Portimão para as envolver, ainda mais, no processo de desenvolvimento do carro.


Uma oportunidade única não só para recolher mais informações sobre o Kia Ceed GT, “mas sobretudo para incluir os seus principais intervenientes na evolução do carro”, revela João Seabra — atitude raras vezes vista no lançamento de um Troféu monomarca e que veio “reforçar” a união existente em torno deste projeto, destaca o Diretor-Geral da Kia Portugal.

João Seabra e Tiago Raposo Magalhães

Para Tiago Raposo Magalhães, a visita ao Autódromo Internacional do Algarve revelou-se extremamente proveitosa: “Saímos de Portimão com o sentimento de missão cumprida: o novo pack de travões com pinças AP Racing funciona na perfeição e garante um poder de travagem que cumpre não só os requisitos dos pneus semi-slick da Toyo Tires, como ainda permite a utilização de full-slicks para pilotos que desejem participar em qualquer corrida de Velocidade ou Montanha”, adianta. “Estamos, por isso, satisfeitos por saber que nos encontramos finalmente prontos para a estreia oficial do Kia Ceed GT em Braga, e também que alcançámos a versatilidade suficiente para apresentarmos ao mercado um produto com potencial mais alargado graças ao contributo excecional dos pilotos do Troféu, a quem reforçamos o nosso agradecimento”, conclui o CEO da CRM Motorsport. MUITO EQUILIBRADO É precisamente com base nos rasgados elogios transmitidos pelos pilotos Alex Areia, Diogo Sousa, Francisco Carvalho, Manuel Gião, Pedro Matos Chaves e Rafael Lobato, e ainda do convidado, jornalista e ex-piloto Bernardo Gonzalez, que o promotor considera ter sido alcançada a versão final do modelo para a sua temporada de estreia, em 2020. Além do desempenho dinâmico decorrente da combinação entre chassis, motor, autoblocante e caixa de velocidades, todos enalteceram o novo circuito de travagem. Assistido pela Bastos Sport, Manuel Gião acredita que a solução de travagem disponível no protótipo da Kia Portugal é “a mais adequada para o tipo de pneus” do Kia Ceed GT. “Temos de colocar mais pressão no pedal para travar o carro, o que significa que o sistema não é tão sensível. Anteriormente a pastilha mordia mais o disco, bloqueando as rodas e com isso a travagem, ao passo que o modelo implementado no protótipo não bloqueia tanto os pneus e o disco”, adianta.



Quanto ao seu comportamento, Manuel Gião julga que o Kia Ceed GT ”é um carro muito equilibrado” — uma das suas mais-valias, tal como o motor: “O turbo pega com relativa facilidade. Não é brusco, o que é bom para os pneus. E os travões estão no caminho certo. Tem uma boa velocidade de ponta e sai muito bem em curva. A caixa de velocidades e o conjunto chassis-motor são grandes atributos deste projeto”, conclui. DIVERTIDO E EFICIENTE Considerando-o um carro “muito divertido de guiar” que oferece “grande prazer de condução”, o jovem Alex Areia acredita que “a sensibilidade da travagem do protótipo” necessitou de “alguma adaptação” da sua parte, uma vez que sempre conduziu carros com servofreio. “É um pedal com força e mais duro, mas muito eficiente, sendo que a travagem mais forte vai proporcionar corridas mais divertidas e aumentar, ainda mais, a competitividade do Troféu”, assegura o atual campeão Júnior do Kia Picanto GT Cup, que confia novamente na Speedy Motorsport para ajudá-lo a atingir os seus objetivos neste novo passo da sua carreira.



Partilhando o mesmo espaço na garagem, o titulado Rafael Lobato avalia o Kia Ceed GT como um carro “bastante estável” e examina que “a sua potência está ajustada ao chassis, no sentido em que não existe discrepância entre o que poderá andar e curvar”. “Ao nível dos travões”, acrescenta, “julgo que a configuração do carro #7 é melhor do que a que tínhamos originalmente montada para Portimão, apresentando um pedal muito mais duro e próprio de um carro de competição. Haverá agora tempo para limar todas as arestas até Braga, mas julgo que o sistema final que deve constar de todos os carros está mais perto do protótipo que pudemos experimentar no Autódromo do Algarve”, reitera.



Sobre o passo que este carro representa para os pilotos que transitam do Kia Picanto GT Cup, Rafael Lobato acredita que o novo Kia Ceed GT traduz-se “numa grande oportunidade para a sua evolução, não só por se tratar de um carro consideravelmente mais rápido, mas também porque dispõe de uma caixa sequencial, fazendo com que o piloto esteja mais focado no volante e menos na embraiagem e alavanca das mudanças. Está mais concentrado na corrida em si e até na afinação do carro, pois o Ceed permite que se mexa em mais parâmetros. As afinações são mais percetíveis ao piloto, influenciando também de outra forma o comportamento do carro, o que se traduz numa curva de aprendizagem superior”, assegura, antes de concluir: “Encaro-o como uma boa passagem para quem vem dos Picanto e mesmo para quem se queira iniciar nos Ceed. Tenho a certeza de que dará origem a corridas muito divertidas”. Já para o experiente Francisco Carvalho, o Kia Ceed GT é “um carro fantástico”, com um chassis muito bom: “Apesar de a minha experiência ao volante ter sido muito curta durante o último fim-de-semana, fiz a pole no segundo treino e estou confiante para o pontapé de saída da competição, já com uma versão definitiva dos travões que me irá permitir usufruir do Kia Ceed GT. O protótipo que pude experimentar em Portimão tem efetivamente muito grip de travagem. Tem sempre pedal e creio ser neste momento a solução mais indicada, embora tenha realizado 300 km de testes com os travões de origem e ficado igualmente com a noção de que o carro travava bastante bem e tinha um excelente comportamento”, assevera o piloto da Veloso Motorsport.



O jovem Diogo Sousa, por sua vez, acredita ter em mãos ”um carro muito rápido, fácil de conduzir e com muito potencial. É extremamente seguro em curva e a nível de mecânica, espetacular. Sente-se a potência em todos os momentos e o facto de possuir um diferencial, permitindo que o coloquemos onde quisermos, aliado à rapidez da caixa sequencial, faz com que o pacote transmita muita emoção ao piloto!”, garante a promessa da CRM Motorsport.



UM CARRO SOBERBO Convidado a transmitir as suas sensações sobre o carro, também o jornalista e ex-piloto Bernardo Gonzalez destacou as qualidades do modelo no plano dinâmico e mecânico: "Achei o comportamento Ceed GT soberbo. É uma base muito sã, inclusive para futuras evoluções. O motor, mais do que a potência dos 240 CV, cativa pela entrega muito progressiva, o que facilita a pilotagem, e aliado à caixa sequencial Sadev tudo se torna mais interessante e interativo. A presença do autoblocante realça ainda mais a agilidade do chassis e permite ajustar a sua atitude através do acelerador. Tudo se completa com o novo sistema de travagem para um feeling quase ao nível de um TCR. A ausência de servofreio e ABS obriga a uma maior sensibilidade do piloto no doseamento da força no pedal, tornando o carro muito mais desafiantes e desportivamente evoluído, inclusive para quem gosta de travar com o pé esquerdo, e a consistência deu-me enorme confiança, sobretudo naqueles pontos de travagem mais forte, mais a mais que não mostrou quaisquer sinais de fadiga ao longo do fim-de-semana", revela.



Tiago Raposo Magalhães e Bernardo Gonzalez

Já a antiga glória dos ralis e ex-piloto de Fórmula 1, Pedro Matos Chaves, caracteriza-o como “um carro bastante equilibrado” com um motor “muito redondinho. Tem um nível de potência engraçado para um Troféu, apresentando-se, sem dúvida nenhuma, como o passo indicado e proporcional para quem vem dos Picanto. Estamos a falar de uma diferença de 10 segundos por volta, que no fundo é o que acontece em transições como da F3000 para a F1 ou da F3 para a F3000”, faz notar.



“Penso que fazia falta a estes miúdos um carro mais potente na medida certa e uma solução com estas características, sobretudo porque não existem melhores competições do que os Troféus. Os carros são iguais para todos e quem tiver unhas toca a guitarra — precisamente o que se viu no último fim-de-semana, em Portimão, no Troféu Picanto. É ainda um carro muito fiável e creio que em Braga terá uma estreia cinco estrelas”, preconiza.





Características Técnicas Kia Ceed GT: Tracção dianteira Caixa sequencial “SADEV” de 6 velocidades Diferencial autoblocante Jantes Fondmental Evocorse 18” Pneus Semi-Slick Toyo Tires 240HP às 6250 rpm Travões AP Racing com repartidor e ajuste de pressão Calendário Kia Ceed GT Cup (atualizado): 1 - Braga Super Racing Series (12-13 Setembro): 2 corridas 2 - Estoril Racing Festival (20-22 Novembro): 4 corridas 3 - 500 Km Estoril (5-6 Dezembro): 4 corridas




135 views
 

©2020 CRM Motorsport, Lda.